Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cidadeagar

UMA NO CRAVO OUTRA NA FERRADURA

cidadeagar

UMA NO CRAVO OUTRA NA FERRADURA

UNIVERSIDADE SENIOR

06.11.10, José Rocha

O novo ano lectivo de 2010/2011 da Universidade Sénior Túlio Espanca/Escola Popular da Universidade de Évora também se iniciou, oficialmente, no dia 1 de Novembro.

Nesta data foi igualmente inaugurada a sede deste espaço de ensino não formal que fica localizado no Palácio do Vimioso e que tem inúmeros projectos para concretizar.

A afirmação foi feita pelo director desta universidade, Bravo Nico que explicou que, neste próximo ano, é intuito experimentar ainda um pouco mais as metodologias e os projectos que foram levados a cabo, particularmente no último semestre do ano lectivo passado.

“Queremos no ano de 2010/2011 testar em definitivo as nossas actividades e verificar as reacções das pessoas àquilo que nós propomos”, justificou.

 

 

 

Uma outra grande meta que pretendem concretizar, já a 21 de Novembro, é a abertura de dois pólos desta universidade em Viana do Alentejo e no Alandroal “construindo projectos educativos para a população adulta nestes dois concelhos”.

Outro desafio que Bravo Nico anunciou para este ano lectivo é trazer figuras públicas nacio-nais de diferentes áreas, nomeadamente da política, da cultura, do desporto, das empresas, das finanças, “que de alguma forma possam trazer à população o seu conhecimento”, devendo estas conferências ocorrer com periodicidade mensal.

 

 

  

A primeira conferencista será Isabel Jonet do Banco Alimentar contra a Fome que virá no dia 15 de Novembro, ao Colégio do Espírito Santo.
Mas as actividades não se esgotam aqui, pois o director da Universidade Sénior Túlio Espanca pretende também realizar conversas com personalidades de âmbito local, sempre às segundas-feiras, “podendo estas ser do mundo académico, empresários de sucesso e poetas populares”.

 

 

 

Deste modo, este responsável entende que o objectivo com que foi fundada esta universidade está a ser concretizado e que é levar o potencial cultural, científico, pedagógico e técnico a um público que, por norma, não frequenta a universidade.

“Estamos a falar não apenas da população sénior, mas também da população que não frequenta ambientes formais de aprendizagem. Se nós conseguirmos organizar essa nossa disponibilidade e oferecêla a uma popu-lação que está receptiva e que está desejosa de participar nestas actividades, nós cumprimos uma das missões da universidade que é a ambição de socialização do conhecimento”, sustentou. 

 

 

 

Neste sentido, e ainda em título experimental, Bravo Nico considerou que, apesar de ter sido apenas um semestre a trabalhar, o balanço foi “bastante positivo”, quer pela participação por parte de professores, estudantes e funcionários da Universidade de Évora.

 “Nós tínhamos o desafio de percebermos, até que ponto, dentro de nós havia disponibilidade para este tipo de voluntariado e para a organização de determinadas actividades para públicos novos.

E foi com grande satisfação que vimos que conseguimos realizar todas as actividades previstas, havendo uma extraordinária adesão de toda a academia”, regozijou-se.

O docente universitário anunciou ainda que o impacto das acções realizadas foi também  “um sucesso”  porque “tivemos casa cheia em todas asactividades que desenvolvemos.

 

 

 

Há uma grande franja da popu-lação que está com um enormedesejo de aprender”. O dirigente informou que têm quatro visitas de estudo àespera em cada um dos concelhos do distrito de Évora, “o que é revelador do interesse que as pessoas demonstram em querer vir conhecer a Universidade de Évora e tenho a certeza que quando iniciarmos localmente a educação não formal, a receptividade vai ser ainda maior”, frisou.

Parceria com o grupo “Diário do Sul ”pretende chegar virtualmente a todo o Alentejo

Quanto ao futuro, Bravo Nico sublinhou que vão continuar a ser dados passos para que, no início do próximo ano lectivo, a universidade sénior esteja em condições de abrir mais dois ou três pólos no Alentejo.
“O nosso objectivo estratégico é que em 2012 tenhamos cinco pólos da Universidade Sénior de Évora.

Estamos a trabalhar, neste momento, no distrito de Beja e de Portalegre para que estejamos presentes em todo o a nossa região”, ambicionou.
Integrada nesta lógica, e para que todas as formas de educação não formais possam chegar a todos os alentejanos “estabelecemos uma parceria com o grupo ‘Diário do Sul’, através da qual estamos a pensar levar virtualmente a todo o Alentejo, as actividades que realizamos”.

O director desta universidade sublinhou que esta é uma acção inédita, novo, “não há disto em lado nenhum do país”, para que seja possível transmitir uma conferência aqui realizada na Universidade de Évora em directo para toda a região.

Retirado Aqui

Aguiar: Exposição - Imagens e Memórias - 1.ª República

05.11.10, José Rocha

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Foto retirada do Blogue "Cidade Agar"
Hoje, sexta-feira, dia 5 de Novembro será inaugurada pelas 17.00 horas, no salão nobre da Junta de Freguesia de Aguiar a exposição “Imagens e Memórias da 1ª República do Concelho de Viana do Alentejo”, da autoria de Francisco José Baião.
A exposição pode ser visitada até ao dia 19 deste mês, nos dias úteis entre as 9h00 e as 12h30 e entre as 14h00 e as 17h30. Aos sábados estará aberta entre as 15h00 e as 20h00.

A exposição segue depois para Alcáçovas, onde poderá ser vistada entre os dias 26 de Novembro e 18 de Dezembro, no Centro Cultural.”
Visto Aqui

1º RAID DOS SANTOS - ALVITO

01.11.10, José Rocha

Classificação dos Atletas do Clube BTT Aguiar, no 1º Raid dos Santos que se realizou na Vila de Alvito no Domingo dia 31 de Outubro de 2010.

 

Classificação da prova de 40Km

 

4º   Zé Rafael (makina) 1h42m52s

18º Zé Rato                   2h53m03s

31º Eduardo Bandarra 2h01m47s

77º Nuno Mendes        2h34m32s

86º Zé Chico Rato        2h40m09s

Terminaram a prova 116 atletas.

OS DUROS

 

 

Classificação da prova de 65KM

12º Bruno Sacristão 3h06m46s

26º Helder Rocha 3h39m20s

29º Zé Rocha 3h49m04

31º Marco José 3h55m15s

Chegaram ao fim 46 atletas.

 

Pág. 2/2