UMA NO CRAVO OUTRA NA FERRADURA
Terça-feira, 8 de Outubro de 2013
Ainda o rescaldo das Autárquicas [Viana do Alentejo]

Apesar de tardiamente, gostaria de deixar aqui algumas notas sobre os resultados eleitorais nas autárquicas de 29 de Setembro no concelho de Viana do Alentejo.

Assim e, separando essas mesmas notas pela Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia, gostaria de dizer o seguinte:

 

Câmara Municipal

 

1º - Partido Socialista reforça a sua votação passando de 52.06% para 60.42%, materializado em mais 103 votos;

 

2º - Partido Comunista Português perde 340 votos não obstante o apoio de muitos ex-candidatos do Bloco de Esquerda no concelho e deste partido não se ter apresentado a eleições. Passou de 38.23% para 30.98%;

 

3º - Partido Social Democrata perdeu 48 votos ( cerca de 25% da anterior votação) e passou de 5.67% para 4.67%

 

4º - Brancos e Nulos passam de 88 para 122 votos o que se traduz num aumento de 27,86%;

 

5º - Aumento da abstenção, havendo menos 301 votantes relativamente a 2009;

 

Assembleia Municipal


1º - O PS ganha mais 2 mandatos, passando de 8 para 10;

 

2º - O PCP perde um mandato, passando de 6 para 5;

 

3º - O PSD perde o único representante que tinha ( perdeu nesta eleição 40% da massa votante em 2009) e, António Costa da Silva, presidente da estrutura distrital do PSD não é eleito;

 

4º - Regista-se um aumento de 35% de votos brancos e nulos;

 

5º - Menos 303 votantes nesta eleição;

 

Assembleia de Freguesia de Aguiar

 

 

1º - Aumento do número de votantes que correspondeu a um aumento da percentagem de 71.74% para 72.14%:

 

2º - PCP mantém esta freguesia;

 

3º - O PS subiu também em Aguiar, pese embora em número insuficiente para alcançar a vitória;

 

4º -  Brancos e Nulos quase triplicam;

 

5º - PSD não apresenta candidatura a esta Assembleia de Freguesia;

 

Assembleia de Freguesia de Alcáçovas

 

1º - PSD perde o seu único eleito nesta freguesia;

 

2º - PS assegura a vitória com  maioria absoluta com 5 mandatos contra 4 do PCP;

 

3º - PCP sobe a sua votação nesta freguesia, provavelmente pela força e naturalidade do candidato João Penetra, almejando conquistar 1 novo mandato, roubado ao PSD;

 

4º - Aumento dos votos nulos;

 

5º - O número de eleitores votantes desce de 68.08% para 61.19%;

 

Assembleia de Freguesia de Viana do Alentejo


1º - Esmagadora votação do PS, passando de 52.17% para 74.40%;

 

2º - PCP tem aqui uma enorme derrota, passando de 4 eleitos em 2009 para 1 em 2013;

 

3º - PSD também tem aqui uma quebra, perdendo 49 votos face a 2009, traduzindo numa redução percentual de 8.56% para 6.30%;

 

4º - O aumento de votos nulos e em branco aqui é residual;

 


 

Dito isto há que dar os parabéns a todos os candidatos, mas naturalmente que terei de realçar os eleitos de entre todos os outros. Felicito todos os eleitos para a Câmara Municipal, para a Assembleia Municipal e das 3 Assembleias de Freguesia e daqui endosso os mais sinceros parabéns ao releito presidente da CMVA, Dr. Bengalinha Pinto por esta expressiva votação e cabal demonstração de confiança  dos eleitores do concelho no programa eleitoral por si traçado para estes 4 anos. Ficou demonstrado que quando o trabalho é sério e genuinamente em prol dos municípes e quando se tem uma estratégia clara para o futuro as pessoas acreditam e dão o seu voto de confiança.

Quanto ao PCP, parece-me que errou na estratégia de ir escolher um candidato que vinha de outro concelho com as mais altas responsabilidades, sendo em Alvito, presidente de câmara. Sinceramente acho que as pessoas não acreditam muito na seriedade, mas sobretudo na total disponibilidade e pensamento estratégico de um candidato que no mandato anterior estava à frente dos desígnios de outro concelho. Parece soar um pouco a oportunismo e a jogadas político-partidárias que nos dias que correm pouco abonam para a classe política ( o PCP não se iluda com a vitória em Évora que foi muito mais uma derrota do PS pelo desgaste de 12 anos e de pouco rigor e comprometimento com os seus três programas eleitorais idos a sufrágio do que propriamente uma vitória inequívoca do candidato Carlos Pinto de Sá). E nem o apoio indirecto do BE, através da inclusão de ex-candidatos seus na lista do PCP permitiram evitar a sangria de votos para  o PS.

Por último o PSD, que não evitou uma clarissíma derrota no concelho. Não elegeu qualquer candidato, perdendo assim um que tinha na Assembleia Municipal e outro na Assembleia de Freguesia das Alcáçovas. António Costa da Silva actual presidente da Comissão Política Distrital de Évora, por quem tenho muita estima e quem admiro politicamente, arriscou bastante permitindo-se ser candidato à Assembleia Municipal, aposta que viria a perder, aliás, como também na lista apresentada, pela estrutura concelhia, naturalmente confirmada pela distrital do PSD. Não queria repetir o que disse há uns meses atrás quando dei o meu apoio público à candidatura de Bengalinha Pinto  e sugeri que o PSD desse apoio a este candidato pela qualidade do projecto e pela ausência de alternativas credíveis, ajudando esta lista a obter uma votação expressiva e evitando nebulosas pelo eventual crescimento do PCP. Disse ainda que o PSD lançando um candidato apenas para cumprir calendário, arriscar-se-ia a ter uma decepcionante votação para não dizer que poderia ter algum resultado proibitivo. Referi ainda que os partidos neste momento devem aproveitar as leituras da sociedade e dos eleitores para ajduar no processo de credibilização da classe política e devem ter a coragem de mudar o status quo das suas elites e da sua orgânica. Pois bem, abordei o óbvio que qualquer cidadão tão bem poderia repetir, mas ainda assim o PSD local preferiu ter a sua agenda, manter a sua candidatura individual e assim marcar uma posição. Pergunto em que lugar parte agora para umas autárquicas em 2017? Fica melhor assim ou teria eventualmente ficado se tivesse preterido de uma candidatura em nome da garantia de qualidade e do apoio a um projecto que parecia ser vitorioso e recheado de estratégia e dinâmica? Ao seguir com esta candidatura que mais não passou da publicação de umas caras pelas ruas do concelho e duns panfletos com um programa avulso, desfasado e pouco exequível, o PSD quis teimar na sua demonstração de força, apenas para consumo doméstico (lutas de poleiro entre distritais e concelhias), deixando uma oportunidade de ouro, pelo menos no concelho e no distrito de aplicar um novo procedimento e assim de honorabilizar os seus representantes, ao apoiar o que parecia fazer mais sentido na luta autárquica de Viana do Alentejo. Os partido políticos e, sobretudo os dois partidos do bloco central devem dar à sociedade civil uma prova de boa fé e de vontade de mudar o que está instituido, fazendo o necessário para credibilizar os candidatos que acolhem e validar as suas candidaturas tornando-as credíveis e vitorisoas. Deixo uma nova pergunta: não ficaria o PSD em melhor posição se tivesse apoiado a candidatura de Bengalinha Pinto, com apoio formal ou implícito à sua lista? Não ficariam todos os candidatos do PSD que foram sujeitos a um vexame dia 29 bem mais satisfeitos com outro projecto e outra força da candidatura que não aqueles que viveram nestas autárquicas onde viram o seu nome apenas como um pro former para cumprir uma candidatura quase fantasma?

O PSD acha que assim se valoriza a luta político-partidária, se credibilizam candidatos e se motiva a sociedade civil para aderir aos desafios eleitorais e a aproximar-se dos partidos para o normal e pleno exercício da cidadania activa?

A mudança também se faz em pequenos gestos e em pequenos sítios, pois quando é feita pelo rigor e pela seriedade esses gestos ganham a dimensão necessária para terem o devido alcance!!

 

Um abraço a todos,

 

 

Frederico Nunes de Carvalho

Visto http://alcacovas.blogs.sapo.pt/



publicado por José Rocha às 12:21
link do post | comentar | favorito

Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
Visitantes

hit counter
Diamond Rings

posts recentes

O Fabrico de Chocalhos já...

Aguiar tem restaurante no...

COMEMORAÇÕES DE SÃO MARTI...

ALMOÇO DOS GANHÕES - 2015

RECANTOS - VIANA DO ALENT...

COSTA DA SILVA - CABEÇA D...

7ª MARATONA BTT AGUIAR - ...

RECANTOS DE ÉVORA

AMIGOS DO ALHEIO

Ilumina-me

Experiencias

ANTONIO ZAMBUJO AO VIVO...

Experiencias

Ofício dos chocalhos cand...

Experiencias

arquivos

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

links
participar

participe neste blog

subscrever feeds