UMA NO CRAVO OUTRA NA FERRADURA
Quinta-feira, 31 de Julho de 2008
ORIGINAL

Recepcionista:   O seu nome, por favor

Passageiro: Batman.

RecepcionistaE o seu nome real

Passageiro:  Batman é o meu nome real.

Recepcionista:   Está à procura de sarilhos?!  Então qual é o seu apelido

Passageiro: Supar-man.

Recepcionista: Prendam o passageiro!!!

Recebido por Mail

Editado por José Luis Rocha



publicado por José Rocha às 15:55
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 28 de Julho de 2008
TORNEIO DE PAINTBALL - AGUIAR

Retirado de www.gaja.pt.vc

Editado por José Luís Rocha

 



publicado por José Rocha às 23:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 26 de Julho de 2008
VAMOS LÁ VER SE É DESTA

Aeronaútica: Projecto de Évora marca nova era na indústria portuguesa - Sócrates

 

Lisboa, 26 Jul (Lusa) - O primeiro-ministro, José Sócrates, destacou hoje a importância para a economia portuguesa do investimento que a empresa brasileira de aeronáutica Embraer vai fazer em Évora e sublinhou que o projecto marca uma nova época no desenvolvimento da indústria portuguesa.

"É um marco na indústria e representa a confiança que a empresa tem na economia portuguesa", afirmou José Sócrates na cerimónia de assinatura do acordo entre a Embraer e o Governo português.

Sócrates sublinhou ainda que este acordo (OGMA/Embraer) representa "um salto tecnológico" porque Portugal passa "de um estádio de manutenção de aviões para um estádio de fabricação de componentes para aviões".

O acordo assinado hoje no Centro Cultural de Belém resulta de dois anos de "difíceis negociações" entre o governo português e uma das maiores empresas mundiais de fabrico de aeronaves.

O primeiro-ministro português frisou igualmente que esta "nova aventura entre Portugal e o Brasil" é "uma aliança para competir num mercado internacional extremamente exigente".

"Há muito tempo que Portugal queria um cluster aeronáutico e este investimento terá um efeito multiplicador. Isto é só o começo de uma aventura", afirmou, antes de cumprimentar o presidente brasileiro Lula da Silva.

Por seu lado, o presidente brasileiro sublinhou a "excelente porta de entrada no mercado europeu" que Portugal representa para as empresas brasileiras.

"Isto só mostra que o Brasil está a ter a mesma confiança agora em Portugal que Portugal teve antes no Brasil", afirmou.

Lula da Silva destacou que o projecto da Embraer é um "investimento com potencial global amplo para os dois países" e admitiu a possibilidade de novas empresas brasileiras seguirem o mesmo caminho.

"Poderão surgir oportunidades para outras empresas brasileiras na área", afirmou, antes de frisar a qualidade do trabalho desenvolvido pela Embraer.

"A qualidade dos aviões da Embraer é tal que até o Governo está comprando dois", gracejou Lula da Silva, antes de posar para os fotógrafos ao lado de Sócrates e do presidente da Embraer, Frederico Curado, segurando uma réplica em miniatura dos aviões construídos por aquela empresa brasileira.

Sobre a aposta da Embraer em Portugal o presidente da empresa destacou o investimento inicial de 148 milhões de euros em duas unidades (uma para fabrico de estruturas metálicas e outra para componentes como resinas) e afirmou que a escolha de Évora se deveu, entre outros critérios, ao potencial da região no acesso à mão-de-obra qualificada e facilidade de acesso à infra-estrutura logística.

A propósito das mais-valias para Portugal, o ministro da Economia, Manuel Pinho, lembrou que este é "um dos projectos mais importantes dos últimos anos" em Portugal, depois da modernização da indústria automóvel e da recuperação da Petroquímica.

A instalação das duas fábricas, que começarão a funcionar no final de 2009 e beneficiarão de verbas do Quadro de referência Estratégico Nacional (QREN), implicou o lançamento de um processo de formação profissional "semelhante ao da AutoEuropa" e um "grande empenho da Câmara Municipal de Évora".

No final da cerimónia, o presidente da autarquia, José Ernesto Oliveira, destacou a importância "para toda a região" da instalação das duas unidades da Embraer em Évora.

Quanto às contrapartidas da Câmara neste negócio, o autarca sublinhou que elas passam por "terrenos a custos reduzidos, pela redução nas taxas e impostos municipais e pela facilidade nas infra-estruturas".

As duas unidades fabris de componentes para aviões vão ser construídas na área do aeródromo da cidade e o contrato com a autarquia será assinado segunda-feira.

SO

Lusa/fim

Editado Por José Luis Rocha



publicado por José Rocha às 14:15
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Sexta-feira, 25 de Julho de 2008
ATREVIDAS
Recebido por Mail Editado por José Luís Rocha


publicado por José Rocha às 14:07
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Julho de 2008
LIMPEZA ÉTNICA

O homem, jovem, movimentava-se num desespero agitado entre um grupo de mulheres vestidas de negro que ululavam lamentos. "Perdi tudo!" "O que é que perdeu?" perguntou-lhe um repórter.

"Entraram-me em casa, espatifaram tudo. Levaram o plasma, o DVD a aparelhagem..." Esta foi uma das esclarecedoras declarações dos autodesalojados da Quinta da Fonte. A imagem do absurdo em que a assistência social se tornou em Portugal fica clara quando é complementada com as informações do presidente da Câmara de Loures: uma elevadíssima percentagem da população do bairro recebe rendimento de inserção social e paga "quatro ou cinco euros de renda mensal" pelas habitações camarárias. Dias depois, noutra reportagem outro jovem adulto mostrava a sua casa vandalizada, apontando a sala de onde tinham levado a TV e os DVD. A seguir, transtornadíssimo, ia ao que tinha sido o quarto dos filhos dizendo que "até a TV e a playstation das crianças" lhe tinham roubado. Neste país, tão cheio de dificuldades para quem tem rendimentos declarados, dinheiro público não pode continuar a ser desviado para sustentar predadores profissionais dos fundos constituídos em boa fé para atender a situações excepcionais de carência. A culpa não é só de quem usufrui desses dinheiros. A principal responsabilidade destes desvios cai sobre os oportunismos políticos que à custa destas bizarras benesses, compraram votos de Norte a Sul. É inexplicável num país de economias domésticas esfrangalhadas por uma Euribor com freio nos dentes que há famílias que pagam "quatro ou cinco Euros de renda" à câmara de Loures e no fim do mês recebem o rendimento social de inserção que, se habilmente requerido por um grupo familiar de cinco ou seis pessoas, atinge quantias muito acima do ordenado mínimo. É inaceitável que estes beneficiários de tudo e mais alguma coisa ainda querem que os seus T2 e T3 a "quatro ou cinco euros mensais" lhes sejam dados em zonas "onde não haja pretos". Não é o sistema em Portugal que marginaliza comunidades. O sistema é que se tem vindo a alhear da realidade e da decência e agora é confrontado por elas em plena rua com manifestações de índole intoleravelmente racista e saraivadas de balas de grande calibre disparadas com impunidade. O país inteiro viu uma dezena de homens armados a fazer fogo na via pública. Não foram detidos embora sejam facilmente identificáveis. Pelo contrário. Do silêncio cúmplice do grupo de marginais sai eloquente uma mensagem de ameaça de contorno criminoso - "ou nos dão uma zona etnicamente limpa ou matamos." A resposta do Estado veio numa patética distribuição de flores a cabecilhas de gangs de traficantes e autodenominados representantes comunitários, entre os sorrisos da resignação embaraçada dos responsáveis autárquicos e do governo civil. Cá fora, no terreno, o único elemento que ainda nos separa da barbárie e da anarquia mantém na Quinta da Fonte uma guarda de 24 horas por dia com metralhadoras e coletes à prova de bala. Provavelmente, enquanto arriscam a vida neste parque temático de incongruências socio-políticas, os defensores do que nos resta de ordem pensam que ganham menos que um desses agregados familiares de profissionais da extorsão e que o ordenado da PSP deste mês de Julho se vai ressentir outra vez da subida da Euribor.

Opinião Mário Crespo no DN

 

http://jn.sapo.pt/Opiniao/default.aspx?opiniao=M%E1rio%20Crespo



publicado por José Rocha às 11:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Sexta-feira, 18 de Julho de 2008
GRUPO CULTURAL E DESPORTIVO DE AGUIAR

Breve resenha histórica:

O Grupo Cultural e Desportivo de Aguiar foi fundado no ano de 1982 com a finalidade de participar no Campeonato Distrital de Futebol do Distrito de Évora.

Tendo uns anos mais tarde obtido os seus maiores êxitos no Campeonato Distrital do Inatel sendo por mais que uma vez Campeão Distrital.

Mais tarde começaram a ser praticadas outras modalidades, como o Atletismo o Tiro e o Judo. Na modalidade de Tiro o Clube foi Campeão Nacional de 1ª e 2ª categoria no ano de 2001 2002 na especialidade de Tiro de Carabina de Ar Comprimido a 10 metros. No Judo o Clube tem uma Atleta que é Vice Campeã Nacional Esperança ano 2008, sendo por diversas vezes chamada aos trabalhos da Selecção Nacional.

E o futuro ????

Editado por José Luís Rocha



publicado por José Rocha às 21:32
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 15 de Julho de 2008
ALENTEJO: EX-MINISTRO CONSIDERA QUE A REGIÃO TEM O MAIOR POTENCIAL DE CRESCIMENTO DO PAÍS

.thumb_alentejo_planicie.jpgO ex-ministro das Finanças Ernâni Lopes afirmou ontem que a região Sul de Portugal, nomeadamente o Alentejo, «não é um caso perdido», mas tem o maior potencial de crescimento do país, que deve ser explorado até 2025. O ex-governante considera que todo o território a Sul do Tejo, "e não só Almada e Seixal", constituem o que chama ‘Grande Ogiva do Sul’, com destaque para o Alentejo. Para Ernâni Lopes, a região deve investir na agricultura de valor acrescentado e num tipo de turismo particular: o de atracção para segunda residência para os mais idosos do norte da Europa que possuem um elevado poder de compra. Por isso mesmo, defende que é necessário dotar o Alentejo de uma rede que permita o "acesso a serviços de saúde de padrão europeu" de forma a responder à necessidade destes novos turistas. O economista diz ainda que, com dezenas de milhões de potenciais clientes nos países escandinavos, o Alentejo tem condições "quase inultrapassáveis" para garantir o sucesso desta iniciativa.

http://dianafm.com/

Editado por José Luís Rocha



publicado por José Rocha às 13:51
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Julho de 2008
COMPOSIÇÃO

Recebido por Mail

Editado José Luís Rocha

 



publicado por José Rocha às 15:54
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Segunda-feira, 7 de Julho de 2008
SEM PALAVRAS
Cabeça de Cartaz da Quinzena Cultural das Alcaçovas Editado por José Luís Rocha


publicado por José Rocha às 22:12
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Domingo, 6 de Julho de 2008
CUIDADO COM AS APARÊNCIAS
Editado por José Luís Rocha


publicado por José Rocha às 14:33
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sexta-feira, 4 de Julho de 2008
POLÍTICAS DE APOIO À INFANCIA - PASSAR À PRATICA

A candidatura ao PARES para a construção da creche em Aguiar faz sentido e é uma necessidade sentida pelas famílias. Aguiar, entre 1991 e 2001 teve um ligeiro crescimento populacional. De acordo com os Censos 2001 efectuados pelo Instituto Nacional de Estatística (I.N.E.) estavam recenseadas 27 crianças entre os 0 e os 4 anos, precisamente 15 meninos e 12 meninas. Desde 2001 até hoje foram construídas muitas habitações e passaram a existir mais famílias, mais nascimentos e crianças. Face a esta nova realidade é necessário novas respostas de apoio à infância.

Um outro elemento importante com esta discussão, tem a ver com o tempo médio gasto na ida para o local de trabalho. Como sabemos, a maior parte das pessoas de Aguiar trabalham em outros locais, por isso têm de fazer deslocações diárias longas entre casa e o emprego, segundo as estatísticas do I.N.E. existem 147 pessoas que demoram entre 31 e 60 minutos na ida para o local de trabalho. A estas acrescem mais 124 pessoas que demoram entre 16 e 30 minutos. Num total de 699 pessoas estes indicadores são bastante significativos e não podemos ignorá-los, este é pois mais um elemento para a necessidade de existir uma resposta social de apoio à infância junto das famílias em Aguiar, inclusivamente para promoção da conciliação entre a vida familiar e profissional e para a igualdade de oportunidades entre homens e mulheres.
Na freguesia de Aguiar 178 pessoas (25% da população) são naturais de outro concelho onde reside actualmente, ou seja, um quarto da população de Aguiar não é natural do concelho de Viana do Alentejo. Este dado é significativo para esta discussão da questão da creche sobretudo porque muitas famílias não têm uma rede de solidariedade familiar que os possa apoiar enquanto aqueles vão estudar ou trabalhar.
Por acaso, alguém perguntou aos aguiarenses como é que estes querem desenvolver a freguesia de Aguiar? Que papel tiveram os cidadãos e os técnicos da freguesia de Aguiar na elaboração do Diagnóstico Social do concelho de Viana do Alentejo?
Em Aguiar, apesar do forte Movimento Associativo que existe, quais são as respostas sociais promovidas pela Câmara que existem para combater a exclusão social e promover a inclusão social nesta freguesia?
Não estará na altura de estar na Internet disponível um sítio com mais informação sobre a Acção Social promovida no concelho, ou será que não há mais Acção Social para além de um cartão de um Cartão Social do Reformado, Pensionista e Idoso e pouco mais? Sinceramente é muito pouco para as necessidades num concelho identificado no Estudo "Tipificação das Situações de Exclusão em Portugal Continental" como território envelhecido e desertificado no contexto nacional. Aqui pode consultar esse estudo: http://panda.igeo.pt/pancd/pdfs/Exclusao.pdf 
No meu entendimento seria importante os eleitos locais e responsáveis terem uma palavra de informação ou de esclarecimento sobre o processo da construção da creche em Aguiar. “Ai de mim se não for eu”, infelizmente este um lema cada vez mais presente na actualidade, marca inequívoca de um individualismo latente na sociedade contemporânea, ainda vamos a tempo de construir uma Comunidade com qualidade de vida para todos os seus membros e não só para as elites.  
São estes e outros números que temos de divulgar e discutir entre todos nós, sublinho isto, não devemos permanentemente sacudir a água do capote ao dizer "os outros, ou o Sócrates, ou este, ou aquele", não, vamos parar com esses devaneios e assumir uma postura crítica mas construtiva, de diálogo mas sobretudo de acção. Assim ainda será possível deixar a tendência de envelhecimento e desertificação do concelho e Aguiar ter uma Nova Oportunidade de Desenvolvimento.
http://polvorosa.blogs.sapo.pt/
Editado por José Luís Rocha
 


publicado por José Rocha às 22:45
link do post | comentar | favorito

Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
Visitantes

hit counter
Diamond Rings

posts recentes

O Fabrico de Chocalhos já...

Aguiar tem restaurante no...

COMEMORAÇÕES DE SÃO MARTI...

ALMOÇO DOS GANHÕES - 2015

RECANTOS - VIANA DO ALENT...

COSTA DA SILVA - CABEÇA D...

7ª MARATONA BTT AGUIAR - ...

RECANTOS DE ÉVORA

AMIGOS DO ALHEIO

Ilumina-me

Experiencias

ANTONIO ZAMBUJO AO VIVO...

Experiencias

Ofício dos chocalhos cand...

Experiencias

arquivos

Dezembro 2015

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

links
participar

participe neste blog

subscrever feeds